• Band Brasília

Teste do Pezinho amplia a capacidade para rastrear 53 tipos de doenças

Por meio da lei sancionada no último dia 26 de maio, o Teste do Pezinho oferecido pelo Sistema Único de Saúde vai ampliar para 53 o número de doenças rastreadas pelo exame.


Atualmente, o teste engloba apenas seis doenças.


No entanto, de acordo com o GDF, o Distrito Federal é a única unidade da federação que desde 2011 já possui a análise completa, que detecta 40 tipos de problema de saúde.


A coleta do sangue para o exame acontece, geralmente, com 48 horas de vida do recém-nascido e o ideal é que o teste do pezinho seja feito até o quinto dia de vida.


O dia 6 de junho é o dia nacional do Teste do Pezinho.


A data tem como objetivo conscientizar a população em geral sobre a importância da realização do exame.


As amostras são colhidas em todas as maternidades públicas e nas unidades básicas de saúde do DF e são encaminhadas para o Serviço de Referência em Triagem Neonatal, localizado no Hospital de Apoio de Brasília.

0 visualização0 comentário