• Band Brasília

O Brasil registra mais de 14 mil casos de coronavírus e 700 mortes

Ministro da Saúde disse que os médicos podem prescrever cloroquina para tratar o vírus desde que assumam os riscos


O Brasil registra, até o momento, mais de 14 mil casos, com 700 mortes. Nesta terça, o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta disse que os médicos podem prescrever cloroquina para tratar o coronavírus, desde que assumam os riscos para os pacientes.


Os critérios citados pelo ministro são: locais sem nenhum caso suspeito ou confirmado de síndrome respiratória aguda grave, que pode ser provocada pela covid-19, podem retomar as atividades econômicas. Cidades com ocupação inferior a 50% dos leitos de UTI e que tenham equipamentos e pessoal disponíveis também poderão começar a voltar gradualmente à normalidade.


O Ministro afirmou ainda que o isolamento para prevenir a covid-19 poderá ser relaxado por estados e municípios, de acordo com parâmetros definidos pelo Ministério.


Depois de um dia tenso, marcado por indefinições sobre a permanência de Luiz Henrique Mandetta, o Presidente passou a manhã na sala dele, no palácio do planalto. Jair Bolsonaro não compareceu a eventos previstos na agenda oficial. A única atividade pelas redes sociais foi o compartilhamento de uma publicação sobre o uso da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus.


Na entrevista desta terça, mandetta reforçou que, por enquanto, o uso da hidroxicloroquina só é recomendado pelo Ministério da Saúde em pacientes críticos e graves. Mas, se o médico avaliar que é necessário prescrever o medicamento para quadros mais leves da doença, a responsabilidade será do profissional. “Se quer tomar o médico tem que alertar o paciente, mas pode indicar. Pode assinar um termo. Isso não é novidade para o médico. Mas o Ministro da Saúde não vai indicar isso. vamos dar para todo mundo, que é uma proposta que eu escutei ontem, a gente acha q tem q deve analisar isso é o pessoal que está medindo. hoje acho que no CE falava em uso profilático, sem sintoma. Se vc tiver contato com o vírus. Pessoal, calma porque metade das pessoas não vão ter nenhum sintoma, metade da população nem vai se infectar.” Disse o Ministro.



Ele também esclareceu que a opção de flexibilizar medidas de isolamento social cabe aos estados e prefeituras, a partir de parâmetros levantados pelo ministério sobre o comportamento da epidemia no Brasil.


0 visualização

SBS Q.02 Lote 03 Bloco Q Edifício João Carlos Saad
Brasília-DF - 70070-120

Contato

Trabalhe aqui

Fale Conosco

Comercial

Anuncie on-line

Anuncie na TV

© Band Brasília • Todos os direitos reservados  •  Criado por Win7.com.br

Ao vivo