• Band Brasília

Enterrado o homem que matou o menino Bernardo

Paulo Osório, de 45 anos, foi encontrado morto em uma cela da Papuda no sábado


Vai ser enterrado hoje, no cemitério do plano piloto, o corpo do homem que matou o filho, o pequeno Bernardo. Paulo Osório, de 45 anos, foi encontrado morto em uma cela da Papuda no sábado. Tudo indica que tenha sido suicídio, mas o caso vai ser investigado pela delegacia de São Sebastião. No fim do ano passado, o ex-servidor do metrô confessou ter matado o filho por overdose de remédios controlados.


Segundo a Subsecretaria do Sistema Penitenciário, Paulo Osório usou a própria calça para fazer uma corda e se enforcar. De acordo com os agentes de plantão, o homem foi encontrado caído no chão, com sinais de suicídio por enforcamento. Ele estava preso desde dezembro do ano passado. O crime que ficou conhecido como "caso bernardo" aconteceu em novembro de 2019, quando durante depoimento, Paulo, de 45 anos, confessou ter colocado comprimidos para insônia em um suco e deu para o filho beber. Ele contou que a intenção era adormecer a criança e fugir para a bahia com o pequeno. Quando estava na estrada parou o carro e notou que o menino estava morto, nesse momento paulo deixou o filho na estrada em um matagal.


O corpo de Bernardo foi encontrado quase uma semana depois, em Campos de São João, na Bahia, em estado de decomposição, junto com a cadeirinha. O motivo do crime seria desavenças que o homem tinha com a mãe e com a avó da criança. Em 1992, pai de Bernardo havia cometido um outro crime. Matou a própria mãe asfixiada e depois fogo no corpo dela. Ele ficou preso na ala psiquiátrica da Papuda e conseguiu a liberdade em 2004.


7 visualizações

SBS Q.02 Lote 03 Bloco Q Edifício João Carlos Saad
Brasília-DF - 70070-120

Contato

Trabalhe aqui

Fale Conosco

Comercial

Anuncie on-line

Anuncie na TV

© Band Brasília • Todos os direitos reservados  •  Criado por Win7.com.br

Ao vivo